Fábrica Lumière

Este blog nasceu num café-bar chamado "Vertigo", em Lisboa. Pensámos logo que esse nome era um sinal... Só podia. Adoramos "fazer filmes", essa é que é a verdade! Mas inspiramo-nos sempre nos originais. Se a amizade morresse, sobraria inevitavelmente a paixão pela sétima arte que nos une.

março 21, 2005

Janela Indiscreta 11



White Noise

Este filme começa assim:
"White Noise - Fenômeno de Voz Eletrônica. A gravação de vozes e imagens dos mortos através de um aparelho receptor fora de sintonia. Identificado em 1939 e agora assunto de uma crescente pesquisa científica por todo o mundo, para finalmente...possibilitar a comunicação com os falecidos."

MEDO!!!!

Lembram-se do Tubarão? Que pôs muita boa gente a fugir das praias? Pois este White Noise já fez com que eu desligasse todos os rádios lá de casa da corrente (e no carro já só ouço cassetes!). Fiquei com pânico à estática!

É com o melhor Batman de todos os tempos, Michael Keaton (aqui meio alourado, à la Herman José). Trata de mensagens do além, registadas pelo ouvido humano na estática dos rádios mal sintonizados ou de imagens de mortos na estática das televisões.
No fim "sossega-nos" com o aviso de que apenas uma em cada 12 mensagens destas se têm verificado malignas...LIVRA!

3 Comments:

At 2:36 da tarde, Blogger Sony Hari said...

Já vi o trailer deste filme e fiquei com vontade de vê-lo, e também fiquei com vontade de passar ouvir mais os cds :))

 
At 4:09 da tarde, Blogger Lolita said...

Já sabes... comigo não contes!!!!

 
At 2:45 da tarde, Blogger Roxanne said...

hum...não sei...só se os mortos cantarem bem e enviarem mensagens musicais ;-)

 

Enviar um comentário

<< Home