Fábrica Lumière

Este blog nasceu num café-bar chamado "Vertigo", em Lisboa. Pensámos logo que esse nome era um sinal... Só podia. Adoramos "fazer filmes", essa é que é a verdade! Mas inspiramo-nos sempre nos originais. Se a amizade morresse, sobraria inevitavelmente a paixão pela sétima arte que nos une.

fevereiro 25, 2005

Feios, porcos e maus 3

Desculpem colegas, mas eu tenho de dizer: Esta senhora tira-me do sério!


Sally Field (chora ou ri?!?)

Nunca percebo quando está contente ou triste... a expressão é sempre a mesma e tem sempre aquele ar de “mãe de família”. Chego a confundir os filmes em que participa (que já devem ter passado todos na TVI) “Já vi este? Então mas ela não tinha uma filha deficiente? Era noutro? Mas eu juro que ela usava saia de xadrez e bandolete! AH! Não é neste...” .

2 Comments:

At 6:43 da tarde, Blogger Sony Hari said...

O retrato de Sally Field poderá ser apreciado muito em breve no museu do Louvre, junto da não menos enigmática Mona Lisa.

 
At 9:52 da tarde, Blogger O asdrúbal said...

Eu não sei quem ela é mas não gosto dela também!

 

Enviar um comentário

<< Home