Fábrica Lumière

Este blog nasceu num café-bar chamado "Vertigo", em Lisboa. Pensámos logo que esse nome era um sinal... Só podia. Adoramos "fazer filmes", essa é que é a verdade! Mas inspiramo-nos sempre nos originais. Se a amizade morresse, sobraria inevitavelmente a paixão pela sétima arte que nos une.

fevereiro 22, 2005

Música no Coração 2



Summer of '42 (1971) - Michel Legrand

A minha adolescência tem uma banda sonora. Cada recordação, cada melancolia, cada silêncio, em cada música de Summer of '42.
Vi O Verão de 42 às escondidas dos meus pais, de madrugada, no escuro da sala, ansiosa por ver pela primeira vez cenas de sexo e orgulhosa pela rebeldia de assistir ao filme proibido. Tinha 12 anos. Não voltei a vê-lo mas ainda hoje, algumas imagens estão tão vivas na minha memória como se eu própria as tivesse vivido naquela noite.

Hermie é um adolescente que passa as férias de verão com dois amigos numa ilha onde conhece Dorothy, esposa de um soldado que luta na II Guerra Mundial. A Guerra está muito distante daquela ilha, tocando apenas ao de leve a vida dos personagens desta história até que no fim do filme assume um papel determinante no rumo da relação entre Hermie e Dorothy. O Verão de 42 não tem a ver com amor mas com experiências únicas que nos mudam para sempre e com a despedida da adolescência.

Ouvir o tema The Picasso Suite (Oscar de melhor música para Michel Legrand) é como resgatar memórias agri-doces de uma inocência perdida, de uma intensidade no sentir que só se consegue na adolescência. Depois daquele verão, Hermie já não seria o mesmo rapaz, assim como eu depois deste filme não seria mais a mesma criança.

"Life is made up of small comings and goings. And for everything we take with us, there is something that we leave behind...In the Summer of '42 we raided the Coast Guard Station four times. We saw five movies and had nine days of rain. Benjie broke his watch; Oscy gave up the harmonica. And in a very especial way , I lost Hermie, forever."

3 Comments:

At 4:34 da tarde, Blogger Lolita said...

Ora aqui está mais uma... Pensava que era o Summer of 59! Ou isso é uma música! ehehhehe

 
At 4:38 da tarde, Blogger Roxanne said...

Lolita, sua "ganda maluca", o do Brian era o Summer of 69 pá...tás a baralhar o verões de uma maneira, muito sol nessa moleirinha...Beijinho

 
At 2:11 da tarde, Blogger Sony Hari said...

Ao ler o teu post resgatei as minhas próprias lembranças de adolescente. Como nessa altura a irreverência podia ser tão simples como espiar um filme ou uma conversa atrás do sofá. **

 

Enviar um comentário

<< Home