Fábrica Lumière

Este blog nasceu num café-bar chamado "Vertigo", em Lisboa. Pensámos logo que esse nome era um sinal... Só podia. Adoramos "fazer filmes", essa é que é a verdade! Mas inspiramo-nos sempre nos originais. Se a amizade morresse, sobraria inevitavelmente a paixão pela sétima arte que nos une.

dezembro 15, 2005

Janela Indiscreta - Comandante



Chegou despercebido aos clubes de vídeo, o documentário realizado por Oliver Stone em Cuba, em 2003, onde, numa maratona de 30 horas seguidas, acompanhou e entrevistou o último dos revolucionários, Fidel Castro.

Ideologias à parte é uma oportunidade única para conhecer um pouco mais do homem, para lá da imagem do estadista que todos temos. Aliás, Stone é peremptório em nos apresentar logo de início as regras do jogo: foi-lhe concedida por Fidel, total liberdade para perguntar sobre qualquer assunto, sem nenhuma observação prévia das perguntas, logo, sem qualquer pingo de censura. Ficou no entanto acordado que Fidel poderia a qualquer momento negar-se a responder a alguma questão incómoda ou mesmo dar por terminada a entrevista (segundo Stone, um direito a que nunca viria a recorrer).

Mais do que 100 minutos de perguntas e respostas, somos também levados a conhecer Havana, como se fizéssemos parte da comitiva de Stone, que não larga Castro por um minuto que seja. Visitam-se as universidades, as fábricas de charutos e andamos no carro de Fidel.
E depois...fala-se de tudo: há humor nas curiosidades sobre a barba e nas bebedeiras com Yeltsin e Gorbachev. Há drama sobre o 11 de Setembro e Bush claro, incontornável. E quase chega a haver paixão, no único assunto a que Fidel se esquiva - o único grande amor da sua vida.

Merece sem dúvida o aluguer.

1 Comments:

At 8:22 da tarde, Blogger Sony Hari said...

Vou alugar de certezinha absoluta.

 

Enviar um comentário

<< Home